Deus proverá


Juro que este não é um blog de autoajuda, mas hoje trago outro post sobre a vida. Agora, estou deitada dentro do carro comendo um sanduíche de mortadela, e sei que vou me arrepender disso mais tarde. Alimentando a ansiedade.

Cara, estou numa confusa na minha vida. A cada dia uma surpresa, que geralmente é ruim. Há quem diga que é azar, outros diriam que tenho sorte por sobreviver a tanto. Eu chamo isso de Deus. Vivo literalmente um dia de cada vez. Ontem acabou a gasolina, mas achei dinheiro nas roupas sujas e abasteci. Hoje consegui comprar o gás e estou feliz por comer algo diferente de pão e biscoito. Só temo que o amanhã seja desastroso, como foi uns dias atrás. 


- Me sinto vivendo uma passagem bíblica:
"Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu próprio mal. - Mt 6:34"


Em outras palavras... "não sofra por antecipação". A passagem fala sobre buscar primeiro a Deus, crendo que ele é suficiente para nossas vidas, e que ele pode nos suprir do que precisamos (na minha interpretação). Eu lhes asseguro que confiar em Deus é a melhor escolha, mas confesso que não é fácil, pois estamos acostumados a ver para crer, e com Deus não é assim, algumas coisas levam um pouco mais de tempo do que a gente gostaria. E às vezes, "um pouco mais" quer dizer "bem mais". 

Talvez sua vida esteja sendo sacudida para todos os lados, como a minha. Ou você pode estar com algum problema de saúde em você ou na família. Pode ser que um investimento importante tenha dado errado, afinal é possível né?! Mas quero que você saiba que tudo isso vai passar. E eu estou dizendo isso porque, no fundo, é algo que também preciso ouvir e aceitar. Hoje chorei alguns mares de desespero, não por achar que Deus esqueceu de mim, mas porque sinto a pressão das coisas que estão acontecendo e não me sinto preparada para tanto. Não sou a pessoa mais religiosa que você vai ver nessa vida, mas tenho uma fé em Deus que não é brincadeira. E mesmo sendo meio rebelde de vez em quando, sou grata a Ele por cada solução, e por ter me livrados de determinadas situações. Não importa o quão tem sido difícil sobreviver a esses dias, eu só quero me manter firme e mantendo minha fé. Apenas!


P.s. O não você já tem, se desistir. Aguenta firme e conquista um SIM!


'Amanda Nascimento

Ninguém é de ferro


O ser humano é estranho. Minha vida está de cabeça pra baixo. Parece que tudo que faço de alguma forma dá errado. Só que eu tento não descontar minha raiva em ninguém, tenho engolido a seco cada pequeno fracasso. Agora veja como é a vida, vez por outra aparece alguém me aprontando uma. Hoje mesmo tive uma discussão com uma pessoa que, diferente de mim, não demonstra fazer tanto esforço para amenizar essa raiva. Fui acusada de algo que não fiz e, a princípio, nem entendi. Pareceu que todos sabiam do que se tratava, menos eu "A CULPADA". 

Sim, já tive alguns surtos de loucura por causa do meu inferninho atual, ninguém é de ferro, cometer esses erros é normal pra qualquer um. Mas até onde pode ir esse tipo deslize? Até você machucar alguém e se dar conta do quão cruel foi sua atitude. Ou pode durar até para sempre, caso você nunca se importe com as consequências do que faz. Sei que a pessoa que me acusou está passando por uma fase muito difícil, por isso perdôo, mas isso não anula o fato de que fui magoada. Nada vai tirar minha "culpa" diante das pessoas que convivem diariamente comigo, e que sequer têm interesse de me ver provar o contrário. 

É tanta coisa acontecendo de uma vez. Problemas financeiros, na família, no relacionamento, no trabalho, na faculdade.. minha vida pessoal por inteiro. Eu só quero que tudo passe. Não quero que ninguém tenha pena de mim, não quero que me procurem com discursos de compaixão. Não! Só quero que tudo passe logo. Peço a Deus que me dê forças e sabedoria para lidar com tudo. Que me ajude na capacidade de suportar tudo e de me controlar nas situações mais críticas. Também não quero encontrar culpados para apontar. Não me interessa acusar. Disse e repito: só quero que tudo passe logo. 


Agora o meu conselho. Cerque-se de poucas pessoas, mas escolha as pessoas certas. Não se iluda com qualquer discurso de compaixão, pois tem gente que só quer se alimentar da sua tristeza. Não exponha sua vida desnecessariamente, mas saiba admitir quando não estiver muito bem. Essa ultima parte é muito importante, afinal, ninguém é de ferro, não é mesmo?! Além disso, as pessoas precisam de lembrar de que você é humano. Que erra, de vez em quando, mas que sente de vez em sempre.

Diário de uma falsa magra #2



Reagindo à realidade


Tenho me lamentado bastante ultimamente, e estou decepcionada comigo mesma por isso. Na vida, aprendi que nenhuma lamentação é valida se eu não fizer nada a respeito.

Sou especialista em passar por situações complicadas. Não me lembro de nenhum momento da minha vida em que eu tenha vivido em completa paz. Agora quero rir para não chorar. Aliás, eu nunca quis que ninguém me visse chorar, e até evitava. Simplesmente não aceitava ser "frágil". Até descobrir, sozinha, que é preciso ser muito forte para admitir que não sou indestrutível, e que sinto dor. 




- Aqui no blog tem um post sobre isso ↓


E quem não gostaria de ser invencível??
Podemos aperfeiçoar nossa resistência sim. Acho super válido. Afinal, a gente quer ir além. Todos temos sonhos, e precisamos de muita garra e resiliência para concretizar cada um deles. Seja lá o que for, porque nada na vida vem de mão beijada. Pelo menos nada que preste. [ou eu nunca ouvi falar]*


**ABRE PARENTESES 
- Resiliência é tipo a mesma coisa que resistência. É que achei a palavra bonita e faz tempo que queria usar. [risos]
**FECHA PARENTESES 

Enfim...
Ser forte é essencial, apesar de ser natural ficar bisonho (triste) de vez em quando. Também não quer dizer que você vai ficar se lamentando, esperando a vida acontecer e os problemas se resolverem sozinhos. É como a minha autoestima, que me deixa incomodada quando me olho no espelho. Só que eu não vou ver uma pessoa diferente se eu continuar agindo como a mesma de sempre. Entendeu?? Era só isso que eu estava tentando falar. Fiz esse arrodeio porque desse jeito é mais bonito, e porque queria um pouquinho mais de tempo aqui contigo. Sim.. eu escrevo imaginando que estou falando com você, que está lendo esse texto. Assim parece que meus pensamentos têm um tantinho a mais de sentido. Porque dessa forma, talvez eu não me tão sinta sozinha, como tem sido nos últimos dias.


P.s. queria agradecer minha amiga Jani, por sempre me tirar da zona de conforto, mas vou deixar quieto, porque ela vai dizer que preciso aprender a andar com minhas próprias pernas. Ela está certa.


'Amanda Nascimento