Stiletto


Como explicar certas coisas?
A gente decide mudar. E muda.
     
     Sempre acreditei que deveria ter um estilo "x". Escolher um modelo pré definido e seguir. Eu só havia esquecido um detalhe: não sou um robô, nem preciso viver no modo automático. Recentemente, acordei com o juízo virado para a lua e, desde então, uma sede de mudança vem me consumindo, uma vontade quase incontrolável de sair da mesmice, embora eu ache que esse lance de ser "diferente e único" seja o pior dos clichês. No meu caso, não é diferente de todos, mas do que sou.

     Eis o resultado. Uso unhas de porcelana faz algum tempo, porque gosto de como isso as mantem sempre impecáveis, mas decidi sair das convencionais "quadradinhas". Confesso que foi dificil escolher as Stiletto, passei semanas de indecisão até ter coragem - e ousadia - para tanto. Por fim, meti a cara mesmo, e ficou melhor do que esperava. Isso prova que podemos ser quem - e como - quisermos. Quando quisermos.


P.S. Estou feliz e apaixonada pelas minhas queridinhas.

'Amanda Nascimento


Sobre as unhas: Segue lá no insta @Angelina_Costa_Unhas_Da_Jollie