Amor. Amar. Amei.


Amar é isso. Se doar e cuidar, sem esperar nada em troca. Uma noite de amor para amantes que não podem ter um ao outro. Um beijo de bom dia, antes do café da manhã. Pode ser a verdade no aperto que sentimos ao ver o outro passar com alguém, porque o orgulho não nos deixou voltar atrás. Pode ser a luta diária contra os obstáculos da vida. O amor pode ser tantas coisas.

Amar, meu bem, é cantar sua música favorita, mesmo sem lembrar da letra. Inventar uma receita de doce para agradar seu paladar. É permanecer de pé, quando o mundo à nossa volta parece desabar. Amar é dormir um pouco mais tarde e acordar um pouco mais cedo, para te ver sorrir mais vezes. Fazer um cafuné enquanto você dirige. É fechar os olhos, quando você fala no meu ouvido. Amar é saber que nosso breve tempo vale mais que ouro. É entender quando está ocupado, e cuidar de você quando está cansado.

Para mim, tem sido uma tarefa difícil, confesso. Um tiro no escuro. Uma bala no pé. É viver o presente como se não existisse o futuro. Amar você é esquecer que a saudade existe, porque nem sempre você vai estar aqui. É ignorar que você tem outra vida além de nós dois. É aceitar suas desculpas, quando mente para mim. E você mente mal.

Amar você é cuidar do meu corpo e do meu cabelo. É ter que me amar sempre mais, para suportar todas as suas partidas. São tantas. Amar você é saber que você nunca vem para ficar, mas que não posso ser sua pela metade. É perder o sono mil vezes, por não saber lidar com ansiedade. É forçar minha maturidade. Amar você é contar os segundos até que nos restam até sua próxima partida. É entender quando você esquece o meu aniversário, mas fazer do seu o dia mais especial da sua vida. Amar você dói, e é uma dor que eu fiz questão de sentir.

p.s. Era uma vez.. Hoje não mais.

'Amanda Nascimento

Mãos para o alto


Você vai precisar de ajuda. Vai querer que o tempo voe de tanto medo. Vai desejar não ter estado em um certo lugar. Vai morrer por instantes e depois reviver desesperado. Quem te ajudar nessa hora, pode ter certeza, vai estar contigo até o fim.

Amar não é dizer "te amo, minha bb".. Amor é mais "atitudes" do que "palavras". Falo de amor no sentindo geral, mas principalmente, no amor ao próximo.

No mês de novembro do ano passado (2016) fui assaltada a caminho da faculdade. Ele me agrediu. Pela primeira vez senti na pele o que era ser frágil e vulnerável. Eu não conseguia falar ou respirar. Não conseguia nem chorar. Foi angustiante.

Alguns minutos depois liguei para o homem que dizia me amar (a pessoa em quem mais confiava) certa de que ele cuidaria de mim melhor que qualquer outra pessoa. Ele não me ajudou, e isso acabou comigo. Então liguei para um amigo anjo que, aliás, estava intrigado de mim, mas que não hesitou em me socorrer, e me acolheu em sua casa até meu medo acabar. Pronto. Me sentia segura. E grata.

Aprendi a lição mais óbvia e clichê que existe: "as pessoas são o que fazem, não o que dizem. As aparências enganam".

Ao meu amigo...
Obrigada!

Sou feliz!



Não tenho a vida perfeita e, às vezes, me falta dinheiro. Mas sobra paz. A paz que eu não sentia há muito tempo. A liberdade de fazer minhas escolhas e não ser julgada por isso. A tranquilidade de saber que, apesar dos erros, eu cresci. E cresci mais forte. A simplicidade de viver sem dever nada a ninguém. Apenas viver. Isso é maravilhoso.

Há muitas coisas que eu mudaria no passado, mas mudá-las seria perigoso. Deve ser por isso que ninguém tem esse poder. Escolhas diferentes nos levam a lugares diferentes. E eu estou exatamente onde deveria. Por exemplo, tenho melhores amigos melhores do que antes. Não que os do passado não fossem bons. Aliás, só os bons ficaram. E são poucos.

Sabe... à medida que sofri, também amadureci e, por isso digo:


"obrigada, vida, por não facilitar". 

Quando me olho no espelho não me restam dúvidas de que amo quem sou. Sou completamente apaixonada pela mulher que me tornei. Tenho alguns sonhos distantes e desejos que talvez não possa realizar. Eu sei! Mas aprendi que o SER vale muito mais que o TER. O que existe do lado de fora da gente é fruto de uma beleza superficial e esta, meu caro, tem prazo de validade. 

Mudei. E não foi por alguém me dizer que era o certo, ou por qualquer conveniência. Foi apenas por querer. Parei, pensei e decidi. Em um dia comum de tedio, enquanto esperava a chuva passar. 

Sou feliz. Isto é fato. Mesmo ainda chorando algumas noites antes de dormir. Por repetidos motivos. Se quer saber, ainda sinto o cansaço e o peso das coisas inúteis que fiz, pois as consequências são fixas. Ainda imagino que eu posso ser e fazer melhor, porque faz parte do desenvolvimento. Ainda me pergunto sobre assuntos que não quero mais lembrar, porque preciso terminá-los. Enfim...

Perceba, são os mesmos problemas. O que mudou em mim foi a vontade de viver. Antes eu só existia.



'Amanda Nascimento